domingo, 22 de março de 2009

O Papa João XXIII teria se comunicado com ETs?

Em 2008, o padre José Gabriel Funes, diretor do Observatório do Vaticano, afirmou que “Deus pode ter criado vidas inteligentes em outras partes do universo que poderiam ser nossos irmãos”.
A notícia, divulgada pela Associated Press, correu o mundo, mas, na época, a grande mídia não lhe deu muita importância.
Só que um dos antecedentes dessa história foi publicada, em 1985, pelo jornal inglês The Sun.
O artigo dizia que o Papa João 23, a quem são creditados casos de curas de doenças em todo mundo, teve vários encontros com seres extraterrestres. Um deles, teria acontecido na residência veraneia de Castell Gandolfo, em 1961.
Relato de um dos assistentes de João 23, segundo o The Sun:
A nave era “era de forma oval e tinha luzes intermitentes azuis e âmbar. Ela pareceu sobrevoar nossas cabeças, depois aterrou sobre a grama no lado sul do jardim. Um estranho ser saiu da nave. Parecia um humano a exceção de que estava rodeado de uma luz dourada e tinha orelhas alongadas.
Sua Santidade e eu nos ajoelhamos. Não sabíamos o que estávamos vendo. Mas soubemos que não era deste mundo, portanto devia ser um acontecimento celestial.
O Santo Padre levantou-se e caminhou para o ser. Os dois estiveram de 15 a 20 minutos, pareciam falar intensamente.
Eles não me chamaram, de modo que permaneci onde estava e não pude ouvir nada do que falaram. O ser deu a volta e caminhou para sua nave, em seguida marchou.
O Sumo pontífice dirigiu-se para mim e me disse: Os filhos de Deus estão em todas as partes; algumas vezes temos dificuldade em reconhecer a nossos próprios irmãos.
No livro Le Profezie di Papa Giovanni (As profecias do Papa João 23) do escritor italiano, Pier Carpi, lê-se:
“As luzes do Céu serão vermelhas, azuis e verdes, e velozes. Crescerão. Alguém vem de longe. Quer conhecer aos homens da terra. Já tem tido encontros. Mas quem viu realmente tem guardado silêncio.
Sua Santidade João 23 foi beatificado por João Paulo II em 3 de setembro de 2000 e, quando foi exumado, no ano 2000, seu corpo estava em perfeito estado de conservação.

Gentileza de www.reporternet.jor.br/