terça-feira, 26 de maio de 2009

O poder da indústria farmacêutica Roche.

Veja como são tratados os problemas de saúde pelos poderosos da indústria farmacêutica.
No ano passado o laboratório Roche amargou uma redução em seus faturamentos, mas mesmo assim seus administradores se encontravam confiantes quanto ao futuro ano de 2009. A nota a seguir mostra suas impressões a respeito desse lucrativo ano de 2009. pareciam saber que esse ano seria promissor. Tinham em mãos um estoque considerável de Tamiflu, droga usada para o combate a gripe suina, devem ter alguma bola de cristal lá na indústria.
O grupo farmacêutico suíço Roche anunciou nesta quarta-feira que em 2008 registrou um lucro líquido 5% menor ao do ano anterior, o que provocou uma forte queda de suas ações na Bolsa suíça, de 8,92%.
O lucro da Roche em 2008 foi de 10,844 bilhões de francos suíços (9,4 bilhões de dólares).
No entanto, o labortório prevê um 2009 "muito positivo", apesar da crise econômica mundial, que a empresa considera que terá repercussões mínimas em suas atividades.
A Roche prevê dividendos em alta de 9%, a cinco francos suíços por ação.
O volume de negócios do grupo caiu 1% em 2008, a 45,617 bilhões de francos suíços.

Noticia publicada em 04/02/2009.
Reuters.


Veja a seguir uma noticia publicada no site do próprio fabricante onde afirmam estarem prontos para agir rapidamente afim de atender as necessidades globais do medicamento.

Roche reage com rapidez ao pedido da OMS para distribuir as reservas de resposta rápida de Tamiflu (fosfato de oseltamivir) para combater a emergência global de uma nova cepa H1N1 do vírus da gripe A - gripe suína*

Em uma manobra silenciosa e quase imperceptível, eles se puseram adiante de toda a população, e pareciam saber com bastante antecedência o que estava por acontecer. De repente surge essa gripe, por obra do "divino espírito santo", e por conincidência eles estavam prontos para a guerra contra esse vírus. É assim meus caros, que se mantêm o poder, ao longo de gerações eles vem mantendo seu punho de ferro sobre nossas cabeças. Mas infelizmente os que conseguem enxergar pouco podem fazer, quando no máximo publicar aqui em um blog.