sábado, 22 de maio de 2010

Outra criatura estranha, desta vez no Canadá.

A descoberta do corpo de uma criatura estranha em uma reserva indígena canadense remota deu início a uma intensa discussão sobre a identidade do mamífero, considerado "um mau augúrio" pelos indígenas. Os habitantes da reserva Big Trout Lake, no norte da província de Ontário, em um local que só é possível chegar de avião, descobriram o corpo de uma estranha criatura no começo do mês.
No site da comunidade, que pertence à etnia indígena oji-cree, o animal é descrito como uma criatura de uns 30 cm de comprimento e com "uma cara quase humana", o que provocou uma intensa discussão sobre se é um animal nunca visto antes ou apenas uma espécie deformada após ficar submersa.
No entanto, alguns moradores de Big Trout Lake acham que o "monstro" é uma estranha criatura quase mítica chamada de "omajinaakoos" ("o feio") na língua local que não é visto há quase meio século. As fotos colocadas na página de internet da comunidade mostram um corpo alongado, com pelo marrom e uma cara pálida ao que somam-se presas curvadas e longas. A falta de coloração dos olhos acrescenta uma dimensão perturbadora à imagem.
Segundo os meios de comunicação locais, alguns dos indígenas mais velhos pensam que o animal é um mensageiro de más notícias. "Ninguém sabe o que é, mas nossos antepassados o chamavam "o feio". Ele quase nunca é visto, mas quando aparece é um mau augúrio. Algo mau vai acontecer segundo nossos antepassados", diz a página da comunidade.