quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Parafuso de 300 milhões de anos é encontrado na Russia

Uma expedição de pesquisadores na Rússia realizou uma surpreendente descoberta: um parafuso fossilizado que, após análises, foi datado com idade superior a 300 milhões de anos [segundo a cronologia evolucionista, claro]. Tudo começou no decorrer de 1996, quando um grupo de pesquisadores russos, dedicado ao estudo de fenômenos ufológicos, partiu em busca de fragmentos de um meteorito que caiu na região russa de Kaluga. Eles, contudo, nunca imaginariam o que estavam prestes a encontrar. Em vez de um meteorito, descobriram o fóssil de um parafuso, de aproximadamente dois centímetros de comprimento. Após recolher cuidadosamente as rochas que estavam incrustadas no objeto e depois de analisar com raio x as amostras obtidas, os pesquisadores determinaram que esse parafuso remonta à época em que os répteis começaram a aparecer na Terra, ou seja, há aproximadamente 320 milhões de anos. E o parafuso não estava só, já que dentro das pedras foi encontrado ao menos outro parafuso.

A comunidade científica recebeu esse achado com grande surpresa. Como é possível que uma ferramenta de tecnologia semelhante pudesse existir em uma época em que o homem ainda sequer existia na Terra? Seria um indício de que civilizações avançadas teriam rondado o nosso planeta? As perguntas ainda são muitas e, quem sabe, novas ferramentas de pesquisa nos ajudem em breve a obter algumas respostas.


Esse assunto pode lhe interessar.
Máquina de 400 milhões de anos é encontrada na Rússia.