quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Anúncio de relações alienígenas


[06-11-2009] - Michael Salla, o pioneiro no estudo da exopolítica, afirmou dias atrás que 30 países da ONU entraram em consenso sobre a existência de OVNIS e a existência de vida extraterrestre. Afirma inclusive que "eles" já fizeram contato com os seres humanos. Segundo Sallas, um anúncio oficial da administração do presidente Barack Obama revelando a realidade da vida extraterrestre é iminente pois durante vários meses altos servidores públicos do governo estadunidense estão silenciosamente deliberando a portas fechadas de como revelar ao mundo sobre a vida extraterrestre.

- "A insatisfação entre as instituições poderosas, como a Marinha dos EUA sobre a política de décadas de secretismo deu um impulso nos esforços para divulgar a realidade da vida extraterrestre e sua tecnologia", assinala.
O anúncio da iminente revelação seguiria à execução secreta de discussões durante um longo ano sobre os ovnis e a vida extraterrestre.
- "As Nações Unidas realizaram discussões, onde aproximadamente 30 nações lembraram em segredo uma política de abertura sobre os ovnis e a vida extraterrestre em 2009. Nunca se fez um anúncio público devido às ameaças contra diplomatas da ONU de não revelar os detalhes do acordo secreto. O acordo das Nações Unidas em segredo baseia-se em duas condições. Em primeiro lugar, os ovnis que seguem aparecendo em todo mundo, e em segundo lugar a política de abertura não daria lugar a distúrbios sociais nas democracias liberais. Ambas condições têm sido satisfeitas, motivo pelo qual é possível que a seguinte etapa seja começar a divulgação oficial da vida extraterrestre", diz o texto.
- "A presidência de Obama no Conselho de Segurança da ONU assinalou o papel de liderança emergente na luta contra os principais problemas mundiais, tais como as armas nucleares. O Prêmio Nobel da Paz também foi um passo importante para dar legitimidade mundial ao presidente Obama no iminente anúncio de informação extraterrestre, o momento mais provável talvez seja pouco depois de seu discurso de aceitação do Nobel da Paz em 10 de dezembro de 2009 em Oslo, Noruega", vaticina.
Salla assegura que tem várias fontes de confiança que o permitem fazer estas afirmações. Uma delas seria o Dr. Pete Peterson, que revelou recentemente as discussões de alto escalão que aconteceram em relação ao anúncio sobre a existência de vida extraterrestre.
Outra fonte é David Wilcock, um destacado pesquisador dos novos paradigmas científicos. Wilcock foi informado por outras fontes independentes que a revelação extraterrestre acontecerá no final de 2009. Alegou em uma entrevista que "duas horas da TV internacional especial já estão reservadas para introduzir uma espécie exótica, similar aos humanos, para o mundo".
- "Ademais, o pesquisador, Richard Hoagland, concluiu que o projeto LCROSS da NASA é parte de uma campanha cuidadosamente armada para preparar à população para a divulgação iminente. O Presidente dos Estados Unidos logo também dirá que os cientistas descobriram ruínas na Lua", afirmou o PhD.
Por último, Salla diz que duas fontes independentes e confidenciais revelaram que os encontros de terceiro grau aconteceram recentemente entre servidores públicos militares dos EUA e dois grupos de visitantes extraterrestres. Isto teria trazido supostamente a confiança de que estariam fazendo um acordo de futura cooperação com os extraterrestres que seriam apresentados formalmente à opinião pública mundial no final de 2009 ou no início de 2010.


Essa matéria pode lhe interessar.
Vaticano faz seminário sobre vida extraterrestre.