segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Conspirações, veja porque você deve ficar atento.

Ao desclassificar os arquivos da National Security Agency (NSA), demonstrou-se que o incidente de Tonkín foi uma história inventada, para justificar a declaração de guerra ao Vietnã
No principio de agosto de 1964, o governo dos Estados Unidos, presidido por Lyndon B Johnson, inventou o que foi conhecido como "incidente do golfo de Tonkín", para induzir a opinião pública ianque na, então encoberta, guerra do Vietnã.
Segundo a história reproduzida pelo aparato governamental, varios botes vietnamitas haviam atirado contra um destróier ianque (USS Maddox), ancorado nas costas do Vietnam. Uma história totalmente falsa, como se demonstraria anos mais tarde ao se desclassificar os arquivos da National Security Agency (NSA), em que se reconhecia que o incidente do golfo de Tonkín foi uma história inventada. Apesar disso, foi vilmente utilizada para justificar a declaração do golfo de Tonkín, que serviu aos EE.UU. para expandir a guerra, no sudeste asiático. Um projeto que Kennedy, assassinado apenas 8 meses antes da declaração formal de guerra ao Vietnã, havia negado mas foi assinada por seu predecessor L.B. Johnson. Uma guerra que custou a vida de mais de um milhão e meio de vietnamitas.
O incidente do golfo de Tonkín é um dos exemplos mais palpáveis de operações de falsa bandeira idealizadas pelos governos, com o propósito de manipular a opinião pública a seu favor. 
O incidente, que teve repercussão mundial, dado o fato de que os Estados Unidos, apesar do apoio político, financeiro e de treinamento militar que dava ao Vietnã do Sul, então em guerra com o norte comunista, ainda não se encontrava em hostilidades abertas diretas com os comunistas do norte, acabou sendo o pretexto para que o Congresso dos Estados Unidos assinasse um ato, a Resolução do Golfo de Tonkin, dando autorização legal aopresidente Lyndon Johnson para entrar na guerra. O governo de Hanói fez diversas declarações oficiais de que houve apenas um ataque, e que este foi ocasionado pelo fato de vasos de guerra estrangeiros terem adentrado suas águas territoriais.
O incidente provocou o bombardeio de bases norte-vietnamitas por caças de dois porta-aviões ao largo da costa, destruindo depósitos de combustível e maquinaria para a construção de torpedos, marcando o primeiro ataque aéreo dos Estados Unidos à instalações militares no território norte-vietnamita.
Em 2005documentos secretos da Agência de Segurança Nacional (NSA) norte-americana vieram a público, apontando o fato de que a presença das torpedeiras norte-vietnamitas nos ataques de 4 de agosto nunca foi realmente confirmada.