terça-feira, 22 de maio de 2012

Molestar criança é crime a menos que...




Sim, molestar criança é crime, mas se for para subir na vida, então pode. A hipocrisía humana tem seus momentos de glória, e no Brasil mais um desses triunfos se deu em 20/5/2012, quando Maria da Graça Meneguel ou algum iluminado da TV Globo, teve a "brilhante" idéia de fazê-la ir diante das câmeras, em horário nobre, dizer para todo o público brasileiro inocente ou não, que tinha trauma por ter sido molestada sexualmente na adolescência. Prezado leitor, por ter respeito à sua inteligência, não vou entrar em detalhes do depoimento dela, por que ele está disponível em vídeo no site da Rede Globo e também porque não valer a pena repetir aqui os absurdos que essa senhora...tsc proferiu diante das câmeras. É por essa razão que existem blogs como esse, que servem para chamar a atenção dos poucos que se importam com a sociedade e que querem saber o que há por trás de gestos tão...nobres surgindo de forma tão extraordinária de onde menos se espera, como os que foram expostos nesse depoimento.
Talvez num acesso de arrependimento, ou de puro marketing da rede de TV, ou quem sabe o último espasmo de uma estrela cadente. Seja lá qual for a razão que fez a Xuxa se lançar sob as luzes e fazer tais declarações, causou alguma surpresa, mas o que venho ressaltar aqui, é o nível de subterfúgios usados para convencer a população não sei do quê...ainda. Mas chamo a atenção dos que lerem esse texto, para ficarem atentos a alguma armação que está por vir, que certamente arquitetada pela Globo, faz da decadente Xuxa, apenas uma ferramenta a mais que poderá ser descartada no momento oportuno, depois de cumprir sua parte. O que posso dizer é que todo o trecho do depoimento que se refere as suas experiências negativas da adolescência, está formado por uma sequência ininterrupta de contradições. A pessoa que faz o tipo, " aos meus inimigos a lei, mas a mim e aos meus amigos, toda a permissividade do mundo", não é de forma alguma uma pessoa confiável.
Peço encarecidamente, a você que está lendo esta matéria, que pense cuidadosamente sobre esse assunto, porque ele reflete a realidade da nossa sociedade, e mostra como é fácil comover uma nação com as lágrimas confessas de uma estrela cadente da TV. O cartaz acima mostra uma de suas primeiras performances no cinema pornográfico, até ai nada demais, a menos que essa pornografia envolva cenas de crianças sendo molestadas...ops agora sujou, porque é bem disso que trata  filme. Depois de ter ascendido ao rol da fama nacional, viu-se arrependida por se dar conta que esse filme se tratava de uma pedra que haveria de estorvar seu caminho no futuro e mandou recolher todas as cópias da locadoras. Agora passadas algumas décadas, todos esqueceram daquilo, então agora dá para bancar a moralista e a coitadinha, certamente para catar alguma polêmica que porventura venha a resultar em alguns pontos de audiência no IBOPE, para o patrão. Se está realmente apoiando alguma entidade que dá assistência à crianças molestadas por adultos, parabéns, continue fazendo-o, isso é de fato louvável, mas que não venha posar de inocente e ingênua, porque isso ela não é.  Ai vai a sinopse do filme: Hugo, um homem de meia idade, guarda na memória a infância realmente singular. Ainda um garoto, sai do Sul do país com a avó e desembarca em São Paulo, onde é deixado na frente de um palacete, na verdade um bordel de luxo. Ali mora e trabalha Ana, sua mãe, uma prostituta e amante do governador de São Paulo. O garoto irá conviver daí em diante nesse ambiente com outras garotas de programa como Tamara uma ninfeta atrevida. Que depois de ter leiloado a sua falsa virgindade entre os frequentadores mais ricos, ela ( Xuxa ) seduz Hugo o garoto com doze anos e o molesta.

Esse assunto pode lhe interessar.